PRA OUVIR E SENTIR: WE EXIST | ARCADE FIRE

 

Em 2014, a banda canadense Arcade Fire, lançou o clipe da canção We Exist. A música, que fala sobre igualdade de gênero, surgiu após Butler, vocalista da banda, presenciar jovens gays jamaicanos sob constante ameaça de violência. Para Butler, We Exist é uma mensagem ao mainstream.

Butler disse ter se chocado com a forma de que estes jovens eram tratados, e que se sentiu mal ao perceber que vivia em uma espécie de bolha liberal, onde as diferenças eram aceitas com menos dificuldade. We Exist foi a forma que o Arcade Fire encontrou para fazer com que as pessoas deixassem de olhar apenas para o próprio umbigo e passasse a pensar no que acontece em nossa volta, como exemplo, os jovens gays jamaicanos.

Artista e música: Arcade Fire (Canadá) | We Exist | 2014

“Nós existimos”, transmite uma mensagem de auto aceitação e igualdade. A letra trata-se de um discurso de uma transexual para seu pai, e sobre a forma como a sociedade trata pessoas transexuais.

O clipe: O clipe de We Exist mostra o momento de transição, vestir-se, encarar a sociedade, sofrer repressão, até o momento de aceitação própria e de parte da sociedade a qual está inserida.

Sabia que:

  • O ator que interpreta a transexual no vídeo é Andrew Garfield, que já fezO Espetacular Homem Aranha‘ e ‘A Rede Social
  • A banda pensou em substituir Garfield por uma atriz transexual, mas desistiu após ver o empenho e empolgação do ator para interpretar a personagem
  • A coreografia realizada por Garfield é baseada no filme Flashdance
  • O vídeo recebeu críticas no twitter de Laura Jane Grace, uma cantora transexual, onde dizia que o correto seria optar por uma atriz trans
  • Butler, para não gerar mais polêmica, explicou a razão de terem escolhido um ator cis para a personagem do clipe: “Quando algo chega à internet, ela tem uma presença na vida das pessoas que considero forte. Para uma criança gay na Jamaica, ver o ator que interpretou o Homem-Aranha é muito poderoso, na minha opinião”

Assista ao clipe:

| por José Redini