VEJA O QUE DESTACAMOS NO 11º FESTIVAL DE CINEMA LATINO-AMERICANO, QUE COMEÇA DIA 21 EM SP

 

No próximo dia 21 de julho tem início a 11ª edição do Festival de Cinema Latino-Americano, em São Paulo. Com um total de 118 filmes de 13 países, o festival esse ano homenageia a cineasta Anna Muylaert: serão 23 trabalhos da diretora sendo exibidos, incluindo trabalhos que realizou no início de carreira e de rara circulação. O longa ‘Mãe Só Há Uma‘, último trabalho de Ana, abrirá o evento dia 20/07. A programação completa você encontra no site www.festlatinosp.com.br.

O Arrazou fez uma mini curadoria e separou os filmes que contemplam o tema da diversidade sexual e de gênero. Dá uma olhada:

DIA 21

MEMORIAL (TENDA DE PROJEÇÕES)
16h | No Corpo Errado – Marilyn Solaya | Cuba, 2010, 52’, DVD, 12 anos)

CIRCUITO SPCINE LIMA BARRETO (CENTRO CULTURAL SÃO PAULO)
17h | As Canalhas ( “Amélia”, “Dolores”, “Isabela”, “Roberta”) Anna Muylaert (Brasil, 2013, 88’, Digital,16 anos)

DIA 22

CIRCUITO SPCINE OLIDO
17h | Eu, Samylly Vellaskes – Rodrigo Lara (Ceunsp/Salto, Brasil, 2015, 11’)
17h | Venenas Bibas – Sergio Carreño (ECYTV, Colômbia, 2016, 25’)

DIA 23

MEMORIAL (TENDA DE PROJEÇÕES)
22h | Linha de Fuga – Alexandre Stockler (Brasil, 2016, 86’, Digital, 18 anos)

CIRCUITO SPCINE LIMA BARRETO (CENTRO CULTURAL SÃO PAULO)
18h | Ossinhos de Frango – Juan Manuel Ribelli (UCINE, Argentina, 2015, 9’)

CCBB
15h | Escolas de Cinema – Programa 1 | Ar – Kami Garcia (CCC, México, 2015, 14’)

Dia 24

CCBB
15h | Escolas de Cinema – Programa 2 | Alfa – Javier Ferreiro (EICTV, Cuba, 2015, 18’)

| por Rodrigo Cavalheiro