TOP 3 Drag Race: Quem leva a coroa?

Depois de quase uma semana da exibição do episódio 12, a semifinal do Drag Race, vamos aqui discutir sobre as chances de cada uma das queens, a favorita e a azarão desse já esperado TOP 3.

Para quem não viu (e não vai ver, porque há spoiler adiante), a desclassificada do TOP4 foi a “big girl” Darienne Lake. O episódio consistiu na gravação do videoclipe de RuPaul, Sissy That Walk (você pode escutar AQUI), onde as 4 semifinalistas tiveram que dançar sobre esteiras e contracenar em diversas cenas com RuPaul. Ao final, a escolhida para o sashay away foi Darienne. Decisão suspeita, visto que a queen se superou ao final, sobressaindo-se em alguns momentos sobre suas concorrentes. Não arriscamos dizer quem deveria ter saído em seu lugar, mas dessa forma só se explicita que o TOP 3, composto por Bianca, Adore e Courtney, já havia sido decidido no episódio anterior. Darienne via sua rejeição aumentar enquanto se mantinha no programa. A decisão de RuPaul de poupá-la até aqui deu-se justo para polemizar. Se esta era a intenção da dona do programa, que mantivesse Lake até a final, portanto.

Mas vamos falar de coisa boa que é esse nosso TOP 3: Adore Delano, Bianca del Rio e Courtney Act, nosso TOP ABC! Talvez a única surpresa seja a presença de Adore, já que a ex-American idol vinha sofrendo duras críticas durante a temporada inteira. Por outro lado, há uma retaguarda de fãs que adoram Adore (não resisti ao trocadilho) e RuPaul, às vezes, sabe o que faz. E Adore mereceu. De todas as queens, ela é apontada como a mais merecedora da coroa no quesito evolução. Muitas vezes colocada na sombra de Laganja, Adore se superou em diversos momentos, como na prova de criação de figurinos: a drag, que não sabe costurar, conseguiu se destacar e vencer o desafio principal. Mas a arma de Adore que pode fazê-la ganhar a coroa é seu carisma. Desde o primeiro episódio RuPaul tem elogiado e criticado sua simpatia.

Igualmente RuPaul fez com Courtney, porém no quesito beleza. Em diversas situações, a mama Ru afirmou que Act deveria parar de se escorar apenas em sua beleza e mostrar ao que veio. Ela tentou, em alguns momentos, mas o que fica na memória são seus figurinos. Sem graça e sem sal, Courtney vem demonstrando uma auto-confiança prejudicial, colocando-a por vezes como arrogante e prepotente. Quando indagada sobre por que deveria vencer, respondeu que se considerava a “RuPaul australiana” – um pouco ambicioso e podendo ser mal interpretado pelos jurados.

Já Bianca reinou por toda a temporada. Dona de um sarcasmo ímpar, não conseguir aplicar em seus figurinos essa ferocidade. Enquanto era ganhadora dos desafios de humor, chegou a se destacar por suas roupas, mais pela impotência de suas concorrentes que por mérito próprio. Suas roupas apresentavam poucas variações, e geralmente possuíam o mesmo corte e estilo. Permaneceu quase que o programa todo em sua zona de conforto, o que foi ótimo para a audiência dar boas risadas, mas talvez tenha sido sua condenação.

Conversamos com alguns fãs, que não perdem o programa por nada, e pedimos que pontuassem os pontos fortes e fracos de cada uma das queens:

10155708_10152109060912828_4272554792235463264_n

ADORE DELANO
A queen é nova, tem carisma, é engraçada, canta, dança e um sorriso estonteante. Foi a que mais evoluiu no programa, e mesmo sem artefatos de luxo para mostrar, encantou e fez rir pela personalidade.
Por que RuPaul pode escolher Adore: Porque ela pode deixar uma mensagem de que não basta ser linda ou engraçada, que mesmo você não sendo a melhor, você pode se superar e alcançar seus objetivos. E das três, Adore é a que melhor aplica a proposta.
Por que RuPaul não escolheria Adore: Embora tenha talento, ainda não chegou no nível necessário para ser Superstar. Ela tropeçou várias vezes nos desafios e na passarela – o `look` dela sempre teve alguma coisa faltando. Potencial ela tem, e muito, porém, precisa de um pouco mais tempo no forno.

10153033_10152109061857828_5226580106996318182_n

BIANCA DEL RIO
A mais velha das queens. É uma comedy queen, com pouca vocação para performance (ao menos não vista no programa).
Por que RuPaul pode escolher Bianca: Do top 3, ela é que mais nos mostra o conceito de Drag. Consegue desempenhar muito bem os requisitos do reality, costura, maquiagem e tem uma ótima postura e discurso.
Por que RuPaul não escolheria Bianca: Bianca é um polished queen, porém, sempre vai ficar só em sua zona de conforto. Bianca poderia até ganhar, mas acho que seria visto como o `safe choice`. E RuPaul gosta de polemizar.

10256998_10152109061967828_1911870231181849800_n

COURTNEY ACT
A australiana super confiante sempre foi elogiada por seus figurinos e sua beleza.
Por que RuPaul pode escolher Courtney: A queen sempre trouxe alguma coisa diferente para a passarela. Embora criticada por Resting on Beauty, conhece muito bem seu corpo, como se vesti-lo e apresenta-lo. Ah, ela também canta e dança muito bem.
Por que RuPaul não escolheria Courtney: Além de ter sua fama consolidada na Austrália, Act não é engraçada. Ser linda, magra e sorridente lhe garantiram a final, mas lhe dariam a coroa? Não tem a extravagância que uma Drag deve ter.

Por fim, podemos acreditar que essa seja uma das finais mais incertas de toda a história do Drag Race. Embora o favoritismo aponte para Bianca e Adore, RuPaul pode surpreender mais uma vez e coroar Courtney. Como a própria RuPaul faz questão de divulgar, a decisão é só dela. Mas os fãs do programa já foram convocados a ajudá-la na escolha, via Facebook e Twitter. As duas últimas edições foram decididas pela pressão dos fãs. Por RuPaul, Chad Michaels teria vencido no lugar de Sharon, e a edição seguinte ficou conhecida como ‘Season Monsoon’.

Temos duas semanas de ansiedade. Na próxima segunda-feira, dia de exibição do programa, será lançado o clipe oficial de “Sissy That Walk”, e na semana seguinte, a grande final, que já foi gravada. No dia a ser exibido RuPaul decide a vencedora pois foram gravados três finais alternativos. Ou seja, dá tempo ainda de espalhar na internet sua favorita que, como vimos, pode muito bem ser qualquer uma das três.

Bora votar em #TeamAdore#TeamBianca ou #TeamCourtney e garantir que RuPaul não faça besteira, como na Season 2? Porque sim, Ru, vamos te julgar por isso!

dont-judge-me-rupaul

Agradecimentos mais que especiais aos fofos Caio Peres, Diego Almeida, Duh Sbizera, Leonardo Pain, Tom Foster e Vinicius Viana.